Duas visões, um Cristo

Há poucos anos voltei a ser católico. Meu retorno foi como o de muitos por aí: nós somos criados por uma família católica que não tem conhecimento dos fundamentos da fé, e portanto que não têm respostas para um adolescente que quer explicação para tudo. Diante da falta desta, nos afastamos, procuramos outros caminhos, sonhamosContinuar lendo “Duas visões, um Cristo”