A importância da literatura para psicólogos

“Os melhores psicólogos que jamais existiram são, indiscutivelmente, os grandes escritores da história humana.” Não me recordo onde li ou ouvi essa frase, mas ela se instalou em mim como uma daquelas certezas que jamais serão colocadas em cheque. Cada uma das histórias clássicas tem sua própria razão de estarem neste apogeu, mas o objetivoContinuar lendo “A importância da literatura para psicólogos”

Raskolnikov e Sônia – Parte 1: Trevas e luz

No livro Crime e Castigo, Dostoiévsky conta a história de um jovem e ambicioso estudante que comete um assassinato. Mas Dostoiévsky é um dos maiores autores da história humana, e o é em razão de descrições que faz dos percursos mentais pelos quais seus personagens passam antes, durante e depois de seus atos, dos atosContinuar lendo “Raskolnikov e Sônia – Parte 1: Trevas e luz”

Meu apreço por Victor Chaves, pela pessoa de um compositor

Eu gosto de escrever, e por isso vou falar de uma pessoa que também gosta… Não é somente isso. Eu preciso escrever para viver, e vou falar de pessoa com característica semelhante. Falando por mim, posso dizer que escrever é como uma vitamina que fortalece meu espírito; escrever não é simplesmente externar uma emoção, porqueContinuar lendo “Meu apreço por Victor Chaves, pela pessoa de um compositor”